Acidente de trem na Itália deixa pelo menos 23 mortos

Da Ansa Brasil

A colisão frontal ocorreu na Linha Bari Norte, entre Andria e Corato, na Itália Corpo de Bombeiros da Itália/Imagem de divulgação

Chega a 23 o número de mortos no acidente com dois trens ocorrido nesta manhã em Bari, na Itália. Um dos dois maquinistas morreu, de acordo com as autoridades italianas. Sobre o outro condutor ainda não se tem notícias. A companhia ferroviária que administra a Linha Norte de Bari também não confirmou até o momento a identidade de nenhum dos dois.

O Senado da Itália homenageou as vítimas com um minuto de silêncio. O vice-presidente da Casa, Maurizio Gasparri, lamentou o episódio e expressou solidariedade pelos parentes das vítimas, ao pedir o esclarecimento das causas do acidente.

Por meio de um telegrama, o papa Francisco também demonstrou solidariedade. "[Expresso] sentida e cordial participação na dor que atinge tantas famílias" envolvidas no acidente com dois trens na região italiana da Púglia.

A mensagem foi enviada em nome do pontífice ao bispo de Bari, monsenhor Francesco Cacucci. No texto, Jorge Bergoglio garantiu orações pelos que morreram e desejou "pronta recuperação" aos feridos.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, também lamentou a colisão dos trens, em mensagem enviada ao premier italiano, Matteo Renzi.

No comunicado, Putin disse que a Rússia "partilha da dor do amigo povo italiano".

O chefe de Estado russo também expressou sua "compaixão e apoio" aos parentes dos mortos e desejou uma "rápida recuperação" aos feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos