Ex-provedor da Santa Casa de Sorocaba é indiciado por corrupção

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

O ex-provedor da Santa Casa de Sorocaba, José Antônio Fasiaben, e mais dois empresários foram indiciados hoje (12) por associação criminosa e corrupção passiva, informou a Delegacia Seccional de Sorocaba. O inquérito está sendo relatado à Justiça, sem pedido de prisão cautelar.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a investigação teve início em junho do ano passado e gerou cinco inquéritos por peculato, falsidade ideológica, desvio de verba, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A Santa Casa está atualmente sob intervenção da prefeitura de Sorocaba após as irregularidades identificadas na gestão anterior. "Vale ressaltar que as irregularidades foram constatadas na época em que a Irmandade da Santa Casa era gestora da instituição, que atendia tanto via SUS [Sistema Único de Saúde] quanto a particulares e ao convênio próprio, o Santa Saúde", disse a prefeitura em nota, que ressaltou que são os diretores da Irmandade que estão respondendo criminalmente.

A reportagem tentou contato com o advogado de Fasiaben, mas ele não atendeu à ligação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos