Câmara retoma sessão para escolha de presidente

Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil

A Câmara dos Deputados retomou há pouco a sessão para o segundo turno da eleição para a presidência. Concorrem ao cargo os deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rogério Rosso (PSD-DF), que receberam, respectivamente, 120 e 106 votos.

A Câmara dos Deputados retomou  a sessão para o segundo turno da eleição para a presidênciaFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Como nenhum dos dois conseguiu a maioria absoluta dos votos dos deputados presentes, o Regimento Interno determina a realização do segundo turno. Cada candidato terá novamente dez minutos para pedir o voto dos seus pares. Neste momento Rodrigo Maia faz seu discurso.

Após o resultado da votação no primeiro turno, a sessão foi suspensa por cerca de 1h30. Tão logo o resultado foi proclamado começaram as articulações em torno das duas candidaturas.

Maia, que já contava com o apoio do PSDB, PPS e PSB, recebeu o apoio do PR, que prometeu votar coeso. O candidato do partido, Giacobo (PR), obteve 59 votos no primeiro turno.

O líder do PDT, deputado Weverton Rocha (MA), informou há pouco que o partido vai votar fechado com o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), "pelo retorno da normalidade nos trabalho da Casa, para que as relações sejam feitas por partidos e não por pessoas". O PDT tem 19 votos.

Mesma posição deve tomar o PCdoB, cuja a bancada deve votar quase na totalidade em Maia.

Terceiro candidato no primeiro turno, com 70 votos, o peemedebista Marcelo Castro (PI) disse que apoiará Rosso. Já o líder do PMDB, Baleia Rossi (SP), disse que a bancada do partido está liberada para votar como quiser.

O PP, SD e o PHS também decidiram apoiar o candidato do chamado centrão, que tinha os votos de integrantes da bancada evangélica.

A bancada do PSOL, cuja candidata, Luiza Erundina (SP), recebeu 22 votos, disse que vai se abster de votar no segundo turno.

O plenário da Câmara registra a presença de 495 deputados. Para ser eleito, tanto Maia quanto Rosso precisam da maioria simples dos votos dos presentes.

No caso de empate, Maia será declarado vencedor, por ter maior número de legislaturas, quatro, enquanto Rosso está em seu primeiro mandato como deputado federal.


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos