Corpo de estudante morto na UFRJ será sepultado nesta quinta-feira no Pará

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

O sepultamento do estudante Diego Vieira Machado, encontrado morto no campus do Fundão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), será nesta quinta-feira (14), em Aracá, no Pará. O corpo será trasladado na noite desta quarta-feira (13) para Belém, às 23h35, em um voo que tem chegada prevista para as 3h10.

A UFRJ tem mantido contato com a família do estudante. Para acompanhar o funeral, sairão do Rio de Janeiro o pró-reitor de Graduação, Eduardo Serra, duas amigas e uma prima de Diego, moradoras da residência estudantil.

Na segunda-feira (11), a reitoria da UFRJ enviou um ofício para a Secretaria de Estado de Segurança do Rio, oferecendo apoio para a realização dos exames laboratoriais de necropsia do estudante, devido à falta de insumos no Instituto Médico-Legal (IML).

Na semana passada, a prefeitura da UFRJ cedeu imagens das câmeras de segurança do campus, para contribuir com as investigações sobre a morte de Diego, que cursava letras. O sepultamento de Diego será no Cemitério de São Joaquim, na Comunidade de Centro Alegre, com horário previsto para meio-dia.

O corpo de Diego foi encontrado no dia último dia 3, e as causas da morte podem estar ligadas a crime de intolerância, pois Diego era assumidamente gay, negro e nortista. Até o momento, as investigações ainda não apontaram os motivos da sua morte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos