Obama condena ataque em Nice e oferece ajuda à França

Da Ansa

Policiais investigam a cena onde um caminhão se jogou sobre uma multidão que comemorava a data nacional da França, a queda da Bastilha, na cidade litorânea de Nice, sul do país Alberto Estevez/Pool/Agência Lusa

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comentou o atentado em Nice, na França, que deixou ao menos 80 mortos e dezenas de feridos na noite desta quinta-feira, dia 14.

Em nota divulgada pela Casa Branca e pelo o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional norte-americano, Ned Price, o mandatário condenou "o que parece ser um terrível ataque terrorista".

Além disso, o líder afirmou que pediu à sua equipe de inteligência "para entrar em contato com oficiais franceses" e oferecer "qualquer assistência que possam precisar para investigar esse ataque e trazer os responsáveis à Justiça".

Por fim, Obama ainda disse que seus "pensamentos e rezas estão com as famílias e outras pessoas amadas que foram mortas " e que deseja "uma completa recuperação para os vários feridos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos