Em congresso, UNE defende plebiscito sobre novas eleições

Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil

A União Nacional dos Estudantes (UNE) aprovou neste domingo (17), em reunião do 64º Conselho Nacional de Entidades Gerais (Coneg), em São Paulo, a realização de manifestações pelo país contra o governo do presidente interino, Michel Temer. A entidade defende, ainda, um plebiscito sobre novas eleições como alternativa para o momento político do país. Em documento aprovado na reunião, a UNE afirma que "a saída para a crise política é a consulta ao povo".

De acordo com a entidade, manifestações contra o governo Temer estão previstas na semana do dia do estudante - segunda quinzena de agosto. A plenária aprovou também uma plataforma eleitoral a ser entregue aos candidatos municipais, com as reivindicações dos estudantes. No documento, os estudantes pedem mais políticas voltadas para a juventude, mobilidade e cultura.

Mais de 500 estudantes participaram do encontro, que reuniu 324 entidades. Durante o encontro, cerca de 20 temas foram debatidos, como educação, saúde, juventude, democratização da comunicação, além de discussões acerca do combate ao racismo, à "LGBTfobia" e sobre a cultura do estupro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos