Olimpíada: bombeiros simulam resgate no Sambódromo do Rio

Nielmar de Oliveira - Repórter da Agência Brasil

EBC

Cerca de 1.500 pessoas, entre civis, soldados e oficiais do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, participaram hoje (19) de exercícios simulados de salvamento de vítimas em ações terroristas no Sambódromo, na Avenida Marquês de Sapucaia, no Estácio, zona norte da cidade, com vistas aos preparativos para os Jogos Olímpicos do Rio, que começam em agosto.

O simulado faz parte da última etapa do Curso de Operações Integradas para Grandes Eventos da corporação e aconteceu onde serão realizadas provas de tiro com arco e a largada e chegada da maratona Olímpica no dia 21 de agosto.

Houve atendimento a múltiplas vítimas decorrentes de uma explosão e combate às chamas provocadas por atos terroristas. A imprensa não pôde acompanhar os exercícios, que tiveram como meta preparar os bombeiros para situações de risco ou catástrofe. O simulado contou com a participação de equipes médicas, de resgate e de apoio tático operacional.

O coordenador do curso Operacional de Grandes Eventos, tenente coronel Coutinho, informou que, "no treinamento, fizemos uma pequena simulação de uma ação terrorista, onde homem-bomba detona um explosivo e nós, depois de isolarmos a área, transportamos algumas vítimas decorrentes da explosão em nossas aeronaves, com auxílio de equipes de aeromédicos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos