Restaurantes populares voltam a funcionar no Rio de Janeiro

Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil

Refeições  a  R$ 2 atraem clientes, que formam filas em restaurantes popular esArquivo/Agência Brasil

Os restaurantes populares voltaram a funcionar hoje (20) no Rio de Janeiro, depois que o governo  estadual liberou R$ 10 milhões para o pagamento de parte das faturas atrasadas aos fornecedores dos 16 estabelecimentos da cidade.

Cinco restaurantes Cidadão estavam fechadas desde segunda-feira (18)  por falta de repasse do governo aos gestores do serviço.

"Até o fim da semana, as empresas vão receber pelo menos dois dos 13 meses atrasados e os fornecedores se comprometeram a retomar o atendimento, inclusive os cinco restaurantes que suspenderam as atividades ontem e os cafés da manhã servidos nas estações de trem. O governador entendeu que era prioritário para o Rio manter o serviço à parcela da população que mais necessita da nossa ajuda e hoje autorizou a Secretaria de Fazenda a fazer os pagamentos", disse o secretário de Assistência Social e Direitos Humanos. Paulo Melo.

De acordo com a secretaria, as cinco unidades servem diariamente 12 mil refeições, e a dívida com as empresas que administram os restaurantes é de R$ 31,5 milhões.

A secretaria informou que as 16 unidades do Restaurante Cidadão oferecem cerca de 10 mil cafés da manhã e 23 mil refeições no estado ao preço unitário de R$ 2.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos