França prorroga estado de emergência após ataque em Nice

Da Ansa Brasil

Ataque em Nice deixa ao menos 80 mortosAPA/Olivier Anrigo/Agência Lusa/Direitos Reservados

O Parlamento francês aprovou a prorrogação por seis meses do estado de emergência no país, como havia pedido o presidente François Hollande, após o atentado em Nice que deixou 84 mortos na semana passada. A Procuradoria francesa revelou novos detalhes sobre o caso. Segundo as autoridades, o agressor Mohamed Bouhlel planejou o ataque por meses e agiu com a ajuda de cúmplices.

Além disso, o ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, determinou hoje (21) uma investigação detalhada da Inspetoria da Polícia Nacional sobre o esquema de segurança na Promenade des Anglais, o local do atentado.

"[Haverá] uma avaliação técnica do esquema de segurança para permitir que seja estabelecida a realidade do esquema, em um momento no qual continuam existindo polêmicas inúteis", disse o ministro. A fala de Cazeneuve tem relação com uma série de reportagens da mídia francesa sobre possíveis falhas no monitoramento do evento, um dos maiores do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos