Morre segunda mulher atingida por queda de marquise em Porto Alegre

Daniel Isaia - Correspondente da Agência Brasil

A segunda vítima da marquise que desabou em Porto Alegre morreu na manhã de hoje (22), no Hospital de Pronto-Socorro, onde estava internada. Eva Flores da Silva, 59 anos, era moradora de Triunfo, município da região metropolitana da capital gaúcha.

 

O desabamento ocorreu na manhã de ontem (21), em um edifício da rua Annes Dias, no centro de Porto Alegre. O prédio estava em obras para reforma da fachada. Além de Eva, a marquise também atingiu Tatiane Duarte da Silva, 34 anos, funcionária da lanchonete que funciona no térreo. Tatiane morreu no local.

 

A segunda vítima, Eva, havia parado para comprar um lanche no estabelecimento onde Tatiane trabalhava. Ontem, a Defesa Civil de Porto Alegre havia dito que ela estava fora de perigo. No entanto, ela precisou passar por uma cirurgia durante a noite e não resistiu aos ferimentos.

 

O local do acidente está parcialmente interditado. A causa do desabamento está sendo investigada pela 17ª Delegacia de Polícia. A principal suspeita é de que um elevador utilizado na obra teria caído sobre a marquise, causando a queda da estrutura.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos