Fetraf organiza protestos no Dia do Agricultor Familiar

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

Nesta segunda-feira (25), data em que se comemora o Dia do Agricultor Familiar, integrantes da categoria realizam protestos pelo país pedindo a agilização da reforma agrária e contra propostas do governo avaliadas como negativas para o setor. As ações são organizadas pela Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf).

Entre as propostas do governo criticadas pelos agricultores familiares está a discussão sobre a reforma da previdência social e a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Eles também cobram medidas efetivas contra a violência no campo.

De acordo com a Fetraf, pela manhã os agricultores familiares realizaram caminhadas e bloqueio de rodovias em estados como Goiás, Paraná, Pará e Pernambuco.

O coordenador-geral da Fetraf Brasil, Marcos Rochinki, disse que, tradicionalmente, a data é celebrada com comemorações, mas neste ano a ideia é protestar e cobrar a manutenção dos direitos para os trabalhadores do campo.

Um tema recorrente em cartazes no protesto do Dia do Agricultor Familiar é a reforma da previdência. "No contexto geral, a reforma da previdência precisa ser discutida, mas com coerência, não com medidas sem diálogo e trazendo retrocessos. Sem contar que a previdência social no espaço rural se carateriza como uma das principais políticas de distribuição de renda e sustentação de muitas famílias e da economia de milhares de municípios de pequeno porte", disse Rochinki.

De acordo com o coordenador-geral da Fetraf Brasil, com a extinção do MDA, os agricultores familiares temem a descontinuidade de políticas para o setor como programas de crédito, assistência técnica e extensão rural.

O MDA foi extinto pelo governo do presidente interino Michel Temer e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário agora é o órgão responsável pelos programas e atribuições do antigo ministério. A secretaria é vinculada à Casa Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos