PUBLICIDADE
Topo

Chama olímpica chega ao estado do Rio de Janeiro após percorrer o país

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

27/07/2016 17h39

A chama olímpica chegou ao estado do Rio de Janeiro depois de viajar por todo o Brasil. A primeira cidade fluminense a receber a tocha foi Paraty, no sul do estado Tomaz Silva/Agência Brasil A chama olímpica finalmente chegou ao estado do Rio de Janeiro depois de viajar por todo o Brasil. A primeira cidade fluminense a receber a tocha foi Paraty, no sul do estado, onde o fogo foi conduzido hoje (27) por 14 pessoas. Antes do percurso, os corredores receberam orientações da representante do Comitê Rio 2016 Francis Will, que acompanhou o trajeto da tocha pelo país e não continha a emoção de estar voltando a seu estado natal. Em Paraty, 14 condutores participaram do revezamento da tocha olímpica Tomaz Silva/Agência Brasil "Estamos muito animados, pois a maior parte da equipe é do Rio. Vamos aquecer o Rio para os Jogos, pois o estado está precisando dessa festividade, para receber muito bem os visitantes. A gente demora para perceber que os Jogos vão acontecer. Nós vamos fazer e bem. Queremos que seja uma grande festa e que o povo brasileiro possa curtir este momento. É a primeira Olimpíada que estamos recebendo na América do Sul", comemorou. O primeiro condutor a receber a tocha em Paraty foi o gerente de camping e atleta amador Domingos de Oliveira, reconhecido na cidade por ser um grande incentivador do esporte. "É uma emoção muito grande, por eu ser morador de Paraty e ter sido escolhido para carregar a tocha olímpica. É como se eu estivesse participando dos Jogos Olímpicos", disse Domingos. De Paraty, a chama olímpica seguirá para Angra dos Reis. No dia 4 de agosto, chega à capital para a abertura dos JogosTomaz Silva/Agência Brasil O marinheiro Gabriel de Amorim Santos, que tem deficiência de estatura, encerrou a passagem da tocha por Paraty. "Me sinto muito honrado de representar nossos 40 mil habitantes, fora os milhões de brasileiros. A deficiência não é uma barreira para mim. É para correr atrás, praticar esportes, mostrar que a deficiência em si é um algo a mais a superar", disse Gabriel, que trabalha em uma embarcação turística apresentando a baía de Paraty a visitantes. Depois de Paraty, a tocha seguirá esta noite para Angra dos Reis. Antes de chegar à capital, no dia 4 de agosto, abertura dos Jogos, a chama terá passado por 43 cidades fluminenses e mais de 300 em todo o país, pelas mãos de 12 mil pessoas, num total de 20 mil quilômetros em terra e 10 mil milhas aéreas. Veja a lista das cidades por onde a Tocha Olímpica vai passar a caminho do Rio