Rede Nacional de Treinamento com legado da Rio 2016 será anunciada em agosto

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, disse hoje (27) que o governo federal vai anunciar até o dia 3 de agosto as regras de funcionamento da Rede Nacional de Treinamento, que vai aproveitar equipamentos e centros esportivos construídos para os Jogos Rio 2016. A regulamentação da rede foi publicada na semana passada no Diário Oficial da União e a ideia é que atletas de todo o país tenham acesso ao legado olímpico.

"A prefeitura, o governo federal, o governo do estado e os demais governos dos outros estados e outras cidades, jamais estiveram tão integrados como estão agora no uso e na definição dos destinos do legado olímpico", disse o ministro.

A rede incluirá centros de iniciação, centros regionais e nacionais e centros olímpicos, para dar suporte a atletas em todas as etapas da carreira.

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, durante cerimônia de abertura do Rio Media Center Roberto Castro/ME

O presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Marcelo Pedroso, disse que as atividades que serão desenvolvidas nas novas instalações após os Jogos já estão consagradas e são voltadas ao desenvolvimento do esporte em todo o país.

A função da APO será o suporte aos estados e municípios, que serão os responsáveis pela adaptação e gestão dos equipamentos esportivos. "Estamos em uma etapa de consolidação das informações dos três [União, estado e município]e o trabalho agora desenvolvido é no sentido de oferecer sugestões, acréscimos que possam potencializar esses usos preconizados."

Plano de Legado

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que o plano de legado do Jogos Olímpicos foi apresentado no dia 29 de julho de 2015 e que o documento indica que o que será feito com alguns dos equipamentos construídos para as competições.

Depois de desmontada, o material da Arena de Handebol, por exemplo, será usado para a construção de quatro escolas. O Parque Aquático temporário vai se transformar em uma arena em Madureira e outra na zona oeste, a Arena Carioca 1 vai ser concedida à inciativa privada para exploração comercial, a Arena Carioca 2 passará a ser o Centro de Treinamento de Alto Rendimento Brasil, e a Arena Carioca 3 será uma escola municipal. A Arena de Tênis e o Velódromo serão usados para esportes de alto rendimento, com função social.

Segundo Paes, antes mesmo dos Jogos, que começam no dia 4 de agosto, a população já pôde aproveitar a estrutura esportiva e, após a Olimpíada, terá mais um espaço público de diversão. "No Parque Aquático de Deodoro, onde tem a canoagem slalom, o legado já foi mostrado de maneira intensa neste verão. Foi passado para o município pelo governo federal e vai ser ali um parque aberto ao público."

Matriz de Responsabilidades

Sobre a Matriz de Responsabilidades, que define as obrigações dos governos federal, do estado e do município com a Rio 2016, Marcelo Pedroso, da APO, disse que a versão final do documento será divulgada após os Jogos, porque há custos ainda em processo de apuração e de conclusão, que só permitirão a atualização ao término das competições.

A divulgação da versão final da matriz é uma determinação do Conselho Público Olímpico. Para o prefeito, não faz sentido anunciar a última versão da Matriz de Responsabilidades antes do fim dos Jogos porque ela traria apenas informações já conhecidas.

"A gente quer fazer a matriz informando de fato como terminou a construção dos equipamentos olímpicos. Vamos dar mais uma matriz parcial, repetindo a matriz de janeiro, já divulgada? Em breve vamos ter estas informações exatas quando terminar os jogos, sem especulação."

Oportunidade

Para o ministro do Esporte, os Jogos do Rio serão uma oportunidade para os brasileiros terem mais contato com modalidades praticadas em outras partes do mundo. "Tenho certeza de que esta edição dos Jogos Olímpicos, estas competições, inspirarão a população a praticar mais esportes, como lazer, como saúde, como fator de desenvolvimento educacional, de desenvolvimento social. O Brasil tem, sem dúvida alguma, condição de fazer nestes Jogos Olímpicos a sua melhor participação esportiva na história" disse Picciani, que pratica ciclismo e vai torcer especialmente por essa modalidade.

 

>>> Saiba como são as modalidades disputadas na Rio 2016 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos