Convenções lançam mais três candidatos à prefeitura de Belo Horizonte

Léo Rodrigues - Correspondente da Agência Brasil

Três partidos que promoveram convenções hoje (31) oficializaram as candidaturas à prefeitura de Belo Horizonte. O PSB, do prefeito Márcio Lacerda, lançou o empresário Paulo Brant como candidato à sucessão. O evento ocorreu pela manhã no Dayrell Hotel, no centro da capital mineira.

A candidatura de Paulo Brant põe fim a uma aliança de oito anos entre PSB e PSDB, que disputará o pleito com João Leite. Os dois partidos estavam juntos na prefeitura de Belo Horizonte desde as eleições de 2008, Márcio Lacerda saiu candidato após um acordo entre o então prefeito Fernando Pimentel (PT) e o então governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB).

Em 2012, a reeleição de Mário Lacerda contou com o apoio do PSDB. Na ocasião, o PT optou por deixar a aliança e lançou o nome de Patrus Ananias, derrotado na disputa.

Secretário estadual de Cultura durante o governo de Aécio Neves, Paulo Brant se filiou recentemente ao PSB. Ele é formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O vice ainda não está definido.

Para viabilizar sua candidatura, Brant ainda busca formar uma coligação de partidos. Possível aliado, o PSD pode lançar a candidatura do atual vice-prefeito, Délio Malheiros. O PDT também está divido entre a candidatura própria e o apoio ao nome do PSB.

A candidatura de Paulo Brant sofreu hoje uma baixa, com a decisão do PPS de apoiar João Leite. Por 201 votos a 68, o partido decidiu apoiar o candidato do PSDB na convenção de hoje. O presidente municipal do PPS, Ronaldo Gontijo, será o vice na chapa de João Leite. Próxima a Márcio Lacerda, a ex-deputada estadual Luzia Ferreira defendia o fortalecimento da candidatura de Paulo Brant. O PPS aprovou também uma chapa própria para as eleições proporcionais, com 62 candidatos a vereador.

Além das tratativas para ampliar a chapa, o PSB tenta convencer a população da qualidade da gestão de Lacerda. Há três semanas, o Instituto DataTempo/CP2 publicou um levantamento onde a atual administração tem 56,3% de desaprovação e 34,7% de aprovação. Na ocasião, foram ouvidos 1,8 mil eleitores entre os dias 1º e 6 de julho.

Mais candidatos

O PHS oficializou a candidatura de Alexandre Kalil (PHS), em convenção nesta manhã. Ex-presidente do Atlético Mineiro, ele administrou o clube durante a conquista da Copa Libertadores da América em 2013. O vice ainda não está definido. Há duas semanas, o Instituto DataTempo/CP2 apresentou pesquisa na qual, entre 12 pré-candidatos, Kalil aparece na segunda posição com 9,2% das intenções de voto. O levantamento apontou a liderança de João Leite, com 26,3%. Com pouco mais que um minuto no horário eleitoral gratuito, o PHS enfrenta o desafio de conseguir o apoio de outras legendas.

O PR também promoveu convenção hoje e lançou a candidatura do deputado federal Marcelo Álvaro. Seu vice poderá vir do PSDC, que já confirmou o apoio. O evento teve também a presença do deputado federal Wellington Prado (PMB), mas seu partido ainda não definiu uma posição para o processo eleitoral na cidade. O PR aprovou ainda o lançamento de 41 candidatos a vereador, numa chapa junto ao PSDC, que indicará outros 21 nomes.

A disputa pela prefeitura de Belo Horizonte soma agora seis candidatos. Anteriormente, João Leite (PSDB), Maria da Consolação (PSOL) e Paulo Lamac (Rede) haviam sido oficializados. O número deve crescer porque ao longo da próxima semana, sete partidos com pré-candidato farão suas convenções: PT, PMDB, PCdoB, PV, PSD, PROS e PSTU.

Confusão

O PDT também deveria definir hoje a posição nas eleições municipais, mas a decisão foi adiada após uma confusão na convenção do partido, em um dos plenários da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Uma ala da legenda, que discorda da candidatura do deputado estadual Sargento Rodrigues, indicou o nome do vereador Bruno Miranda como vice de Paulo Brant, do PSB. Depois de gritos, apitaços e xingamentos, a convenção foi suspensa. Uma decisão final deverá ser tomada até sexta-feira (5). Para as eleições proporcionais, o PDT lançou 58 candidatos a vereador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos