Uma das estrelas da Rio 2016, Phelps vai carregar bandeira dos EUA na abertura

Marcelo Brandão - Enviado especial

O nadador norte-americano Michael Phelps, recordista de medalhas olímpicas, dá entrevista no Parque Olímpico dos Jogos Rio 2016 Fernando Frazão/Agência Brasil

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 podem ser os últimos do campeão de natação norte-americano Michael Phelps. O nadador chegou a anunciar sua aposentadoria após os Jogos de Londres 2012, mas voltou atrás e ainda terá a honra de carregar a bandeira de seu país na cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio, na sexta-feira (4), no Maracanã.

"Para mim, ter a oportunidade de levar a bandeira dos Estados Unidos é um sonho que vira realidade. Nunca pensei que teria a oportunidade de fazê-lo. Quando soube que fui escolhido abri o maior sorriso possível. Me lembro de quando era criança e via a cerimônia de abertura e a alegria no rosto dos atletas", disse Phelps em entrevista coletiva na tarde de hoje (3), no Rio de Janeiro.

Apesar de já ter participado de quatro Olimpíadas, essa será a primeira participação de Phelps em cerimônia de abertura. Ele explicou que sempre competia nos primeiros dias dos jogos, e, por isso, acabava não participando da festa. As provas de natação também começam cedo este ano, mas dessa vez ele só entra na piscina em 8 de agosto, três dias depois da abertura oficial da Rio 2016.

"Eu nadava no primeiro dia e não tinha a oportunidade de participar da cerimônia. Falei com Bob [Bowman, treinador] para saber o quanto me afetaria participar dessa vez. Perguntei se ele iria, em uma escala de 1 a 10, ele disse '8 que eu iria'. Eu tenho que ir, eu quero ir."

Ganhador de 22 medalhas olímpicas, sendo 18 ouros, Phelps se disse muito feliz de poder ter seu filho, nascido em maio, por perto. Ao falar do menino, ele deixou escapar que provavelmente está na sua última Olimpíada. "Minhas emoções estão dez vezes maiores do que eu pensava. [Meu filho] estar aqui para ver, assistir possivelmente minha última Olimpíada da carreira. É muito bom compartilhar isso com ele."

Encontro com Djokovic

Na entrevista, Phelps disse que está se sentindo "mais aberto e relaxado" e que se encontrou hoje com o tenista sérvio Novak Djokovic, com quem tirou uma foto. "Esta manhã vi o Djokovic passando na vila [dos atletas] e disse 'oi'. Conversamos um pouco sobre a agenda de eventos, tiramos uma foto e nos despedimos. Foi muito legal, ele é um atleta muito talentoso."

 

>> Acompanhe aqui os jogos da Rio 2016

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos