Em campanha pela candidatura de Roma em 2024, Renzi volta a se reunir com Bach

Da Ansa Brasil

O premier italiano, Matteo Renzi (1º E), ao lado do presidente  interino  Michel  Temer,  em  recepção

antes  da  abertura  da  Rio  2016  Beto Barata/PR

Defendendo a candidatura de Roma para ser sede dos dos Jogos Olímpicos de 2024, o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi voltou se encontrar neste sábado (6) com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

Durante o encontro, que durou pouco mais de meia hora, Renzi ganhou uma cópia da tocha olímpica dos Jogos do Rio, assim como uma miniatura do símbolo para presentear seu filho, Emanuele. Fontes consultadas pela Ansa informaram que, durante o encontro, foi debatida principalmente a candidatura da capital italiana.

A cidade-sede dos Jogos de 2024 será anunciada no dia 13 de setembro de 2017 em uma reunião do COI no Peru.

Porém, todos os governantes das cidades que concorrem com Roma - Los Angeles (Estados Unidos), Roma, Hamburgo e Budapeste - e  estão presentes na Rio 2016 aproveitam a ocasião para fazer uma espécie de lobby com os dirigentes esportivos. Apesar do apoio do governo italiano, a candidatura de Roma enfrenta oposição da nova prefeita, Virginia Raggi. A prefeita, que faz parte de um partido que se opõe ao governo Renzi, sempre foi contra a candidatura e já ventilou a possibilidade de fazer um referendo sobre a disputa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos