Cesáreas caem em hospitais que integram projeto sobre parto adequado

Da Agência Brasil

Balanço divulgado hoje (11) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostra que, em maio, 37,5% dos partos feitos nos hospitais participantes do Projeto Parto Adequado foram normais. O percentual é superior ao registrado em fevereiro, que chegou a 31%. Foram avaliados os hospitais que fazem parte do projeto. Em três meses, houve aumento de 6,5 pontos percentuais no parto normal e redução de 17,7 pontos em relação às cesarianas, na comparação ao índice de cesáreas antes do projeto (média de 80,2%).

As cesáreas ainda representam 62,5% dos partos em maio.

Conforme o balanço, a taxa de internação em UTI neonatal tem diminuído. Do total, 12 hospitais reduziram as internações. Para cada mil nascidos vivos, as internações caíram de 63 para 48 entre abril de 2014 e maio de 2016.

O Projeto Parto Adequado teve início em abril de 2015 e visa a aumentar o número de partos normais.  A participação no projeto é voluntária. Atualmente, 34 hospitais integram a iniciativa.

 

Parto normal Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos