Andréia Bandeira vence panamenha no boxe e vai às quartas de final

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

Andréia Bandeira venceu a panamenha Atheyna Bylon  Reuters/Peter Cziborra/Direitos Reservados

A pugilista brasileira Andréia Bandeira estreou bem nos Jogos Olímpicos e derrotou Atheyna Bylon, do Panamá, nesta tarde, no Rio de Janeiro. Com a vitória, ela se classificou para as quartas de final da competição e está a um passo de garantir mais uma medalha para o boxe do Brasil na Olimpíada.

A luta foi disputada desde o início, apesar de diversas interrupções para advertências da árbitra Liu Ming. A pugilista panamenha começou melhor e conseguiu surpreender a estratégia de Andréia Bandeira até parte do segundo round. Lutando pelo peso médio, na categoria de até 75 kg, a brasileira conseguiu virar a pontuação nos rounds finais.

Depois de receber duros golpes na cabeça e na linha da cintura, Andréia Bandeira contou com apoio da torcida no Pavilhão 6 do Riocentro e partiu pra cima da adversária com direitas e cruzados que garantiram a vitória brasileira, além de se desviar muito bem dos golpes panamenhos.

Na próxima quarta-feira (17), o confronto de Andréia será contra a chinesa Li Qian, e, se vencer, a brasileira já terá garantida pelo menos o bronze olímpico.

<<< Acompanhe aqui a Rio 2016

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos