Papa se reunirá com presidente da França e abordará terrorismo

Da Ansa Brasil

O papa Francisco se reunirá hoje (17) com o presidente da França, François Hollande. Apesar de ser definida como "visita privada", a reunião tem todas as características de um encontro oficial com chefe de Estado. O encontro será no Vaticano.

O Papa se reuniu com Hollande em 24 de janeiro de 2014 e esta nova audiência acontecerá menos de um mês do assassinato do padre Jacques Hamel, degolado em um atentado terrorista em Rouen e assumido pelo grupo Estado Islâmico (EI). O ataque ocorreu em 26 de julho e chocou a Igreja Católica. Na ocasião, Jorge Mario Bergoglio e Hollande conversaram por telefone e o Papa fez uma dura crítica ao terrorismo.
   
O terrorismo fundamentalista, os ataques na França (do Charlie Hebdo, passando pelo Bataclã, até Nice e Rouen), a luta contra o Estado Islâmico, a proteção dos cristãos no Oriente Médio e a situação da Europa estão na pauta da reunião. O encontro entre o Papa e Hollande também deve encerrar um período de afastamento diplomático, após a demora da Santa Sé em aceitar as credenciais do embaixador Laurent Stefanini, declaradamente gay. Um ano de impasse fez com que a França desistisse da nomeação e indicasse um outro diplomata ao cargo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos