Defesa informa Sérgio Moro sobre internação de Bumlai em São Paulo

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

A defesa do pecuarista José Carlos Bumlai, investigado na Operação Lava Jato, comunicou hoje (18) ao juiz federal Sergio Moro que o empresário foi internado e, por isso, pernoitou no Hospital Sírio Libanês. Bumlai apresentou um quadro de infecção, que estava sendo investigado pelos médicos.

A advogada Daniella Meggiolaro explicou que qualquer movimento que ele tenha de fazer, como está monitorado por tornozeleira eletrônica e não pode sair de casa, precisa ser informado ao juiz.

"Ontem (17) à noite, nós já sabíamos que ele teria de ir para o Hospital Sírio Libanês, mas não que ele seria internado. No fim da tarde pedimos autorização para o juiz. Fizemos a comunicação de que ele não estava se sentindo bem já faz algum tempo e que o médico pediu para que ele fosse ao hospital para consultá-lo lá", informou a advogada.

Segundo Daniella, à noite chegou a notícia de que Bumlai seria internado. Na manhã desta quinta-feira a defesa comunicou que ele passou a noite e continua no hospital.

Depoimento à PF

Ontem, o pecuarista prestou depoimento na sede da Polícia Federal em São Paulo sobre sua participação na reforma de um sítio em Atibaia investigado na Operação Lava Jato.

O empresário saiu acompanhado da advogada, mas, segundo ela, não poderiam dar detalhes do depoimento porque a investigação corre sob segredo de justiça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos