Protesto de trabalhadores da Mercedes-Benz bloqueia a Via Anchieta

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

Trabalhadores da Mercedes-Benz de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, fizeram ato hoje (16) em defesa de seus empregos, que bloqueou parcialmente a Via Anchieta, no sentido litoral paulista. Segundo a organização, 5 mil trabalhadores participaram da manifestação.

Os manifestantes bloquearam a rodovia, próximo à fábrica da Mercedes, entre as 10h e as 10h40. Antes, eles caminharam pelas ruas da cidade, dialogando com a população e o comércio, que podem ser indiretamente prejudicados por uma possível demissão em massa.

A fábrica suspendeu por tempo indeterminado a produção de caminhões e ônibus, na fábrica onde trabalham cerca de 9 mil pessoas. Esses funcionários estão em licença remunerada, mas a empresa já anunciou que existe um excedente de 2 mil empregados.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, alguns trabalhadores começaram a receber telegramas, desde o último domingo (14), avisando  sobre o desligamento, mas ainda não há um número estimado de demitidos. "O pessoal aqui está sendo solidário na luta, porque se um colega é demitido, quem acaba assumindo o trabalho dele é quem fica", disse o coordenador do Comitê Sindical dos Trabalhadores da Mercedes-Benz, Max Pinho.

De acordo com ele, representantes do sindicato se reuniram ontem (17) com a direção da empresa. "Dessa vez, ela alegou que não tem autorização da matriz na Alemanha para negociar com o sindicato. Então, a gente aprovou com os trabalhadores continuar a luta e fazer essa caminhada", disse Max.

Pinho garantiu que o sindicato e os trabalhadores continuarão mobilizados durante esta semana, realizando atos diariamente para abrir a negociação com a empresa. A reportagem da Agência Brasil entrou em contato com a assessoria de imprensa da Mercedes-Benz, que ainda não se pronunciou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos