Polícia de São Paulo prende suspeito de ataque a empresa de valores em Santos

Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo anunciou hoje (19) a prisão de mais um suspeito de participação no assalto do dia 4 de abril na empresa de transporte de valores Prosegur, em Santos, no litoral paulista, quando morreram dois policiais rodoviários e um morador de rua.

A prisão ocorreu ontem (18), no bairro Vila Formosa, zona leste da cidade de São Paulo. Essa foi a terceira prisão de acusados de envolvimento no crime.

Com o preso, os policiais da força-tarefa do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apreenderam armamentos pesados, além de coletes a prova de balas e munições. Entre as armas estavam seis fuzis e um rifle .50 com capacidade para derrubar aeronaves. Todo esse material estava em veículo de luxo importado tipo utilitário.

As investigações em torno do crime continuam, assim como as diligências para esclarecer a tentativa de assalto na madrugada de quarta-feira (17) a empresa de transporte de valores Protege, em Santo André, no ABC paulista.

A Polícia disse acreditar que mais de 20 criminosos tenham participado desse ataque. Até agora, nove suspeitos já foram presos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos