Temer indica ministro da Cultura para presidir Autoridade Pública Olímpica

Pedro Peduzzi e Paulo Victor Chagas - Repórteres da Agência Brasil

O ministro da Cultura, Marcelo Calero, foi indicado para presidir a Autoridade Pública OlímpicaTomaz Silva/Agência Brasil

O presidente interino, Michel Temer, assinou e encaminhou mensagem ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), na qual indica o ministro da Cultura, Marcelo Calero, para presidir a Autoridade Pública Olímpica (APO) - cargo ocupado interinamente por Marcelo Pedroso.

De acordo com o Planalto, Calero, que acumulará o novo posto com o cargo de ministro, ficará encarregado de garantir os recursos para os Jogos Paralímpicos Rio 2016, além de fechar as contas da Olimpíada, fazer os próximos balanços e acompanhar e promover os legados que ficarão para o Rio de Janeiro e para o país.

Em meio a uma reunião que manteve hoje (23) com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, Calero disse à Agência Brasil que ainda está "estudando" o que falará durante sua sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, sobre como será sua atuação à frente da APO. Não há ainda previsão sobre quando a sabatina será feita.

Após o envio da mensagem presidencial ao Congresso Nacional sobre sua nomeação e de sua sabatina no Senado, Calero precisará ter seu nome aprovado por maioria simples do plenário do Senado. Depois disso, bastará a homologação de seu nome pela Presidência da República.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos