Jandira diz que há condições de implantar turno integral em escolas cariocas

Da Agência Brasil

A candidata à prefeitura do Rio de Janeiro Jandira Feghali (PCdoB) disse que há condições para implantar o turno integral nas escolas do município. Ela participou hoje (12) de sabatina na TV Brasil, durante o telejornal local Repórter Rio, que abriu espaço a todos os candidatos à prefeitura, sempre às 12h30.

"Em relação ao ensino fundamental, temos que voltar à época da escola aberta, que é o centro da comunidade, aberta aos finais de semana, com conselhos de bairro dentro dela, para que a população possa decidir suas prioridades e a prefeitura possa ouvir. E que seja de fato uma escola de horário integral, o que hoje não existe no Rio, integrando a cultura, o esporte e superando o analfabetismo digital de parte dos alunos", defendeu.

Questionada sobre a viabilidade da implantação do ensino em tempo integral na cidade, proposta também defendida pela atual gestão municipal, Jandira disse que existem condições, desde que a totalidade das verbas constitucionais para o setor seja aplicada e que não haja cortes federais.

"É possível, não todas ao mesmo tempo. Você tem que olhar o orçamento. Principalmente quando em Brasília existe uma emenda constitucional que retira recursos da educação. É possível, botando os 25% [do orçamento], que não foram colocados pelo [atual prefeito] Eduardo Paes, descumprindo a Constituição. Há uma deficiência grande de creches no Rio de Janeiro e tem que haver horário estendido, principalmente para as mães que trabalham até as sete ou oito horas da noite."

Saúde

Para a área da saúde pública, a candidata, que é médica, disse que há dois eixos fundamentais em seu programa de governo: a prevenção às doenças e a melhoria da qualidade de vida das pessoas, que tem reflexos nos índices de saúde. Jandira também defendeu a integração do sistema e a ampliação do horário de atendimento.

"Temos que ter o terceiro turno de atendimento nas Clínicas da Família, para pessoas que não conseguem chegar até as 17h. As OSs nós vamos enfrentar [Organizações Sociais, privadas, que gerem as clínicas], pois reduzem as equipes, falta médicos, falta leitos."

Entrevistas

Na próxima quarta-feira (14), será a vez de Thelma Maria (PCO) ser entrevistada no Repórter Rio. Cyro Garcia (PSTU) será entrevistado na quinta-feira (15) e Carlos Osório (PSDB), na sexta-feira (16). A entrevista com o candidato do PMDB, Pedro Paulo, estava marcada para amanhã (13), mas ele não confirmou participação.

Na próxima semana, serão entrevistados Alessandro Molon (Rede), na segunda-feira (19); Marcelo Crivella (PRB), na terça-feira (20); Flávio Bolsonaro (PSC), na quarta-feira (21); Marcelo Freixo (Psol), na quinta-feira (22), e Índio da Costa (PSD), na sexta-feira (23).

A bancada de entrevistadores é formada pelos jornalistas Carla Ramos, da TV Brasil; Tâmara Freire (Rádios EBC) e Vladimir Platonow, da Agência Brasil. A íntegra da entrevista com Jandira Feghali pode ser vista no site da TV Brasil.

A TV Brasil pode ser sintonizada em sinal aberto no Rio de Janeiro no canal 2. Na Net, pelo canal 18; na Claro TV, canal 9; na Oi TV, canal 20; na Vivo TV, canal 181; e na SKY, canal 166.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos