Operação desarticula organização de tráfico de drogas no oeste da Bahia

Sayonara Moreno - Correspondente da Agência Brasil

Uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas foi desarticulada hoje (22) pelas polícias Federal e Militar no oeste da Bahia durante a Operação Última Fronteira. As drogas eram vendidas em cidades baianas da região e na capital, Salvador.

Cinco pessoas foram presas: três em flagrante, por tráfico de drogas e porte ilegal de armas, e duas que estavam sendo investigadas. Quatro suspeitos estão foragidos e um homem que também teve a prisão decretada concorre a cargo eletivo e não pode ser preso por causa do período eleitoral.

Também foram cumpridos14 mandados de busca e apreensão nas cidades de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras e Irecê, além do bloqueio de contas bancárias e imóveis utilizados pela organização criminosa. Cerca de 60 policiais participaram da operação.

Esquema

A PF começou a investigação há cerca de um ano e apurou que o grupo trazia a droga de Mato Grosso, Goiás e São Paulo e distribuíam em todo o oeste da Bahia e em Salvador. Durante as investigações, dez pessoas foram presas em flagrante e 1,3 tonelada de drogas - maconha, crack e cocaína - foi apreendida. A apuração também apontou que o grupo utilizava empresas de fachada para lavagem do dinheiro obtido com o tráfico.

Os envolvidos devem responder pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Somadas, as penas podem chegar a 25 anos de prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos