Rio não pode se acomodar com sucesso dos Jogos, diz secretário

Da Agência Brasil

Olimpíada e Paralimpíada lotaram estádios e movimentaram a economia do RioMarcelo Camargo/Agência Brasil

O secretário estadual de turismo, Nilo Sérgio Félix, disse hoje (6) que o maior desafio do Rio de Janeiro - após os Jogos Rio 2016 - será continuar a ser atrativo e buscar meios de levar mais turistas ao estado. Ele estima que, durante os Jogos, imagens do Rio foram vistas por 5 bilhões de pessoas.

A declaração foi dada durante reunião do Conselho Estadual do Turismo, no bairro do Flamengo, zona sul da cidade. O conselho é formado por 54 representantes de vários segmentos e tem como meta fomentar o desenvolvimento sustentável do turismo no estado, articulando os setores público e privado.

"Os Jogos foram um sucesso não somente para a cidade como para todo o estado. Tivemos 5 bilhões de pessoas vendo [pela televisão] a cerimônia de abertura, de encerramento, as competições, etc. É um número altamente expressivo e que traz grandes resultados como maior entrada de turistas, seja na baixa época como em períodos de grandes festividades como réveillon, carnaval e outros", disse.

Economia pode crescer mais

Segundo ele, no entanto, não dá para simplesmente "cruzar os braços" depois dessa superexposição do estado. "Aumentamos o número de quartos [de hotéis] de 29 mil para 60 mil, estamos investindo em mídia e eventos, entre muitas ideias e programas para continuar crescendo. A pretensão é aumentar o fluxo de pessoas, a permanência delas e o crescimento da diária média. O turismo tem que se basear nessas três questões para tornar uma cidade sempre mais atrativa", disse.

O secretário municipal de turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, anunciou que a cidade já tem acertado 173 eventos até o ano de 2020, além de congressos, feiras e outras atividades. Lembrou que experiências passadas com, por exemplo, a Jornada Mundial da Juventude e a Copa do Mundo contribuíram para que os Jogos Rio 2016 fossem bem sucedidos.

"Tivemos mais de um milhão de turistas somente na cidade, conhecendo o Rio e a nossa cultura, movimentando a economia e o turismo, isso sem falar em todo o estado. Foi muito intenso, mas nos saímos muito bem. Apanhamos muito, todos diziam que a cidade não receberia bem o público por conta da zika, violência, terrorismo, mas o balanço final é de sucesso absoluto", comemorou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos