Em São Paulo, alunos desocupam escola estadual Caetano de Campos

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

Alunos desocupam escola invadida em protesto contra reforma do ensino médioCamila Bohem/Agência Brasil

Estudantes desocuparam hoje (8), por volta das 19h20, a escola estadual Caetano de Campos, na região da Consolação, centro da capital paulista. O estabelecimento foi invadido ontem por alunos que protestavam contra a reforma do ensino médio proposta pelo governo federal.

A desocupação ocorreu após negociação com representante da Polícia Militar e a direção da escola. Logo depois da saída do grupo de estudantes do prédio, policiais da chamada tropa do braço, que atua em manifestações, entrou no local para fazer a vistoria.

Segundo o coronel Gasparian, que acompanhou a vistoria, nada foi danificado na escola. No entanto, ele disse que a diretoria da escola poderá fazer uma avaliação melhor.

De acordo com a PM, cerca de 40 estudantes participavam da ocupação do prédio. Outros jovens e pesssoas que apoiavam os  estudantes se concentraram também em frente ao estabelecimento.

A Secretaria de Educação do estado de São Paulo disse, em nota, que a Diretoria Regional de Ensino tem investido no diálogo com os estudantes e que eles rejeitavam "as tentativas de negociação". Um boletim de ocorrência foi registrado pela direção.

O comunicado diz ainda que nenhuma das reivindicações do protesto são de responsabilidade da pasta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos