Temer cumprimenta Guterres por escolha do português como secretário-geral da ONU

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

O presidente da República, Michel Temer, telefonou para o português Antonio Guterres para cumprimentá-lo pela escolha de seu nome, por aclamação, para ser o novo secretário-geral das Nações Unidas. Temer conversou com Guterres logo após sua aclamação. Guterres, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, sucederá o sul-coreano Ban Ki-Moon no posto.

Temer desejou sucesso ao português em sua gestão e o convidou a vir ao Brasil quando fosse possível. "O presidente reafirmou a satisfação com que a escolha de Guterres foi recebida no Brasil e reiterou a confiança que depositamos em sua capacidade de diálogo e liderança, atributos cruciais diante dos desafios do nosso tempo. O presidente Michel Temer convidou Antonio Guterres a visitar o Brasil quando sua agenda assim permitisse", disse o porta-voz do governo, Alexandre Parola, na noite de hoje (13).

Guterres, de 67 anos, ficará no cargo por cinco anos. Ele foi primeiro-ministro de Portugal de 1995 a 2002, e chefiou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, de junho de 2005 a dezembro de 2015. Com a decisão, a assembleia da ONU adota uma recomendação do Conselho de Segurança da ONU que, em 6 de outubro, aprovou por unanimidade o nome de Guterres.

Ban Ki-moon disse que Guterrez é uma "excelente escolha para dirigir esta organização", porque vai enfrentar desafios em um mundo repleto de "incertezas". O sul-coreano deixa o cargo no dia 31 de dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos