Ouvidoria da Polícia pede apuração sobre corpo de travesti encontrado em viatura

Camila Boehm- Repórter da Agência Brasil

A Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo informou que acionou o Ministério Público (MP) para que apure o caso do corpo de uma travesti encontrado na manhã de ontem (13) no porta-malas de uma viatura da Polícia Civil que estava no estacionamento do 77º Distrito Policial (DP) da capital paulista.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o corpo foi encontrado por policiais civis no interior do compartimento reservado aos presos, que fica no lugar do porta-malas, e a viatura tinha danos nos vidros, na lataria, fechadura e acrílico interno.

O delegado Marco Antonio e o representante da Corregedoria, Felipe Martins da Silva, viram as imagens do circuito interno de câmeras de segurança da delegacia e, de acordo com o boletim, não constataram irregularidades por parte dos policiais civis.

"Eu já fui pessoalmente lá no Ministério Público pra que ele imediatamente nomeie um promotor público para ficar em cima desse caso desde agora. Trata-se de uma morte dentro de uma viatura, em um estabelecimento policial e dentro do compartimento de presos", disse o ouvidor de polícia Julio Cesar Neves.

De acordo com o ouvidor, a Corregedoria também será acionada para que tome alguma iniciativa no caso. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública disse que foi registrado boletim de ocorrência de morte suspeita e que não havia "sinais aparentes de violência". Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Civil vai analisar as imagens de câmeras de segurança e a Corregedoria acompanha o caso.


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos