TRE-SP indefere candidatura de mais votado e Taubaté pode ter nova eleição

Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

Candidato mais votado no primeiro turno da eleição para a prefeitura de Taubaté (SP), com mais dos 50% dos votos válidos, José Ortiz Junior (PSDB) teve hoje (14) o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). A decisão, tomada por unanimidade, mantém a sentença de primeiro grau, que havia barrado o candidato pela Lei da Ficha Limpa.

José Ortiz Junior concorreu à prefeitura de Taubaté na condição de "indeferido com recurso" e obteve 74.589 votos no primeiro turno, mais do que a soma dos demais concorrentes, que tiveram 73.268 votos (42,71%). O município, localizado na região do Vale do Paraíba, registrou 51.229 abstenções ((23% do total de eleitores).

Ortiz ainda pode recorrer ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE). Caso consiga reverter a decisão do TRE-SP, o tucano estará eleito. Contudo, se os ministros do TSE mantiveram a decisão do tribunal estadual, haverá uma nova eleição em Taubaté.

Antes mesmo da decisão do TRE-SP, a Justiça Eleitoral do município já havia suspendido a possibilidade de segundo turno entre o segundo e o terceiro colocados no pleito em virtude de o tucano ter obtido mais de 50% dos votos válidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos