Movimentos sindicais e estudantis lançam no Rio Frente Escola sem Mordaça

Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil

Em Copacabana, Dia do Professor marcou lançamento da Frente Estadual Escola sem MordaçaAgência Brasil/Akemi Nitahara

O Dia do Professor, comemorado hoje (15) em todo o país, foi marcado no Rio de Janeiro pelo lançamento da Frente Estadual Escola sem Mordaça, que reúne entidades sindicais do setor da educação, movimentos sociais, estudantis e de pais e responsáveis contra o projeto Escola sem Partido, a PEC 241 e a reforma do ensino médio. Com faixas, intervenções artísticas, esquetes e falas, a frente foi lançada com um ato na Avenida Atlântica, em Copacabana, zona sul da cidade.

Diretora do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE), Suzana Gutierrez explica que há um projeto de lei tramitando na Assembleia Legislativa e dois na Câmara Municipal que tentam implementar a escola sem partido. Para ela, a proposta impede a autonomia pedagógica das escolas.

O presidente da União Estadual de Estudantes (UEE), Leonardo Guimarães, afirma que há um movimento crescente também dentro das universidades que tenta impedir que as instituições de ensino sejam centros de reflexão e discussão política.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos