PF faz operação contra compra de votos em Campos dos Goytacazes

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Policiais federais fizeram hoje (19) uma operação para combater crimes eleitorais em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense. Foram cumpridos oito mandados de prisão temporária de cinco dias, um de condução coercitiva e nove de busca e apreensão, de acordo com informações da Polícia Federal (PF).

Segundo as investigações, dois vereadores eleitos de Campos são suspeitos de comprar votos de eleitores por meio da oferta do benefício assistencial Cheque Cidadão. Os políticos são suspeitos de, com a ajuda de cabos eleitorais, obter cópias de documentos pessoais e fazer o cadastro no programa, sem precisar passar pela avaliação obrigatória de assistentes sociais.

Os cartões do Cheque Cidadão, muitas vezes, eram entregues pessoalmente pelos candidatos. Para a PF, essa prática causou uma explosão nos cadastrados no programa, elevando o volume de benefícios em mais de 100% de junho deste ano até agora.

Criado há oito anos, o Cheque Cidadão é um programa em que a prefeitura complementa a renda dos beneficiários, para que eles possam comprar alimentos. Em setembro, a prefeitura divulgou nota lamentando o uso eleitoreiro do programa e, neste mês, começou a recadastrar tas pessoas inscritas a partir de 1º de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos