Ministro das Cidades reassumirá mandato de deputado para votar PEC do Teto

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

Na semana passada, Bruno Araújo foi exonerado, reassumiu mandato de deputado, votou a PEC em primeiro turno e voltou ao ministério Arquivo/ABr

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, foi exonerado nesta quinta-feira (20) pelo presidente Michel Temer e vai reassumir o mandato de deputado federal na Câmara dos Deputados para votar no segunto turno da proposta que cria um teto para os gastos públicos. A votação está prevista para a na semana que vem.

A exoneração foi publicada, há pouco, em edição extra do Diário Oficial da União. De acordo com a Secretaria de Governo, Bruno Araújo retorna ao comando do ministério logo após a votação.

Na semana passada, Bruno Araújo e mais dois ministros reassumiram o mandato parlamentar na semana passada com mais dois ministros, para a votação em primeiro turno da proposta.

Nesta semana, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, deixou o cargo e reassumiu no dia seguinte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos