CPI da Merenda ouve presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

Em depoimento hoje (26) à Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga fraudes nos contratos de merenda entre prefeituras e o estado, o presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp), Sebastião Misiara, negou conhecer qualquer integrante da Cooperativa de Agricultura Familiar (COAF), suspeita de participar do suposto esquema.

A CPI da Merenda investiga o fornecimento de alimentos a escolas estaduais e contratos firmados por empresas e cooperativas de agricultura familiar com o governo do estado e do município. Segundo Misiara, a aproximação com Coaf foi apenas para auxiliar o sobrinho, Emerson Girardi, que trabalhava com vendas.

Misiara foi questionado pelo deputado Alencar Santana Braga (PT), membro da CPI, sobre gravações de conversas do sobrinho com outros suspeitos de participação na fraude, mas negou conhecer algumas pessoas que aparecem nessas gravações e negou o envolvimento de ambos no esquema. Quando questionado sobre a participação dos dois em reuniões com membros da Alesp e do governo, o vereador negou. "Houve um evento de prefeitos no Palácio dos Bandeirantes e eu chamei meu sobrinho, porque estava tentando colocá-lo na vida pública. Quando ele me falou sobre a Coaf, solicitei que ele se desligasse das atividades ligadas à cooperativa."

O presidente da Uvesp confirmou que foram alugadas duas salas no prédio onde funciona a entidade para a que a cooperativa estabelecesse um show room e para o sobrinho trabalhar com produtos da Coaf, oferecendo para empresas particulares, aproveitando contatos que Misiara tinha. "Fui fiador da cooperativa. Todos os documentos necessários foram juntados para o aluguel, que foi no começo do mês de abril, e os problemas começaram a estourar depois, com a polícia trabalhando em sigilo". Ele continuou negando que tivesse oferecido produtos da Coaf às prefeituras.

Também foi convocado a depor, Yuri Keller Martins, membro da Comissão de Credenciamento do Departamento de Alimentação e Assistência ao Aluno da Coordenadoria de Infraestrutura e Serviços Escolares (CISE), mas ele não compareceu à CPI. O presidente da CPI, Marco Antônio Zerbini, informou que Martins será convocado novamente e, caso não compareça, será conduzido coercitivamente a uma nova seção. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos