Movimento Passe Livre protesta em SP por transporte público gratuito

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

Um protesto realizado hoje (26) pelo Movimento Passe Livre pediu a gratuidade no transporte público coletivo em São Paulo. O ato foi convocado pelas redes sociais e os manifestantes se concentraram por volta das 17h no Theatro Municipal, no centro da capital paulista, de onde seguiram até a Câmara Municipal da cidade. 

A Polícia Militar acompanhou o percurso do trajeto, que ocorreu de forma pacífica até a chegada à Câmara.

O Movimento Passe Livre argumenta que o transporte público "é um direito de todas e todos e não pode ser só um privilégio dos que podem pagar".

"A cada novo aumento, mais gente não pode circular pela cidade, o que impede que as pessoas tenham acesso a outros direitos, como saúde, educação, lazer etc", disse o movimento na convocação do protesto.

Na frente da Câmara Municipal, os manifestantes fizeram discursos pedindo o fim da cobrança de tarifa no transporte público e incendiaram catracas feitas com papelão sob gritos de "Queima Catraca" e "Não tem tarifa". Uma imensa faixa com a frase "Por uma Vida sem Catracas" foi estendida no chão. Nas paredes próximas ao prédio, foram projetadas mensagens contra a cobrança de passagens no transporte público.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos