Serviços da Polícia Civil do DF estão suspensos até amanhã

Da Agência Brasil

A paralisação de 48 horas dos policiais civis do Distrito Federal termina às 8 horas deste sábado (5). A categoria cobra do governo isonomia salarial com a Polícia Federal (PF).

Além da paralisação, a categoria decidiu reiterar o pedido das exonerações dos cargos entregues por todos os policiais civis, há mais de três meses. O Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) informou ainda que outras ações serão incluídas na cartilha da operação PCDF Legal. Deflagrada em 4 de julho de 2016, a operação evidencia o sucateamento da Polícia Civil do Distrito Federal, em recursos humanos e materiais.

Desde o início da operação, as delegacias estão funcionando em horário reduzido. E agora serão incluídas na cartilha as orientações de continuar as investigações contra a Administração Pública, não cumprir ordem superior divergente da PCDF Legal, perícias de acordo com a ordem cronológica, emisão da Guia de Recolhimento de Corpo apenas depois do término da perícia no local do crime, continuação de investigações pela Delegacia da Criança apenas de casos que ofereçam riscos para vítimas e não cumprir mandado de prisão no Na Hora se não houver o mínimo de três papiloscopistas.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria de Segurança Pública do DF não se manifestou sobre a paralisação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos