Iraque libera mil pessoas de prisão subterrânea do Estado Islâmico

Da Agência Ansa

As forças iraquianas libertaram cerca de mil homens que eram mantidos em uma prisão subterrânea pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) na região de Mossul. De acordo com a imprensa internacional, a prisão ficava em Shura, a 35 quilômetros ao sul de Mossul, e foi encontrada por soldados que analisavam o solo em busca de explosivos. As informações são da agência Ansa.

"Muitos prisioneiros são ex-soldados ou agentes da polícia", disse Hussam al Abbar, conselheiro da província de Ninive, da qual Mossul é a capital. Os mil homens foram libertados.

Desde o dia 17 de outubro, as forças iraquianas tentam reconquistar Mossul, que é a capital do califado do Estado Islâmico.
Com o apoio da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, os iraquianos já chegaram ao município e enfrentam os jihadistas do EI em uma série de confrontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos