Governo assina primeiro contrato de nova faixa do Minha Casa, Minha Vida

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, durante lançamento do Cartão Reforma, no Palácio do PlanaltoValter Campanato/Agência Brasil

O Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal assinaram hoje (9) o primeiro contrato de empreendimento habitacional da faixa 1,5 do Programa Minha Casa, Minha Vida, destinada a famílias com renda bruta mensal de até R$ 2.350.

O primeiro empreendimento da faixa 1,5 - relançada pelo governo em setembro - será construído em Campo Grande, capital de Mato Grosso.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse que, até o fim do ano, a expectativa é contratar 40 mil unidades do Minha Casa, Minha vida nessa faixa de renda.

Na faixa 1,5, as famílias beneficiadas pelo programa recebem subsídios de até R$ 45 mil, dependendo da renda mensal e da localização do imóvel.

A modalidade também tem juros reduzidos, de 5% ao ano, para financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos