Inflação para famílias com renda mais baixa acumula taxa de 8,5% em 12 meses

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com renda de até cinco salários mínimos, acumulou até outubro deste ano taxa de 8,5% em 12 meses. A taxa, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), está acima dos 7,87% acumulados em 12 meses pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial (para todas as faixas de renda).

Apesar disso, a inflação do INPC acumulada em 12 meses recuou em relação a setembro, quando o índice havia registrado taxa acumulada de 9,15%.

Analisando-se apenas o mês de outubro, o INPC teve inflação de 0,17%, acima do 0,08% registrado em setembro pelo INPC, mas abaixo da taxa de outubro da inflação oficial (0,26%).

Os produtos alimentícios tiveram queda de preços de 0,06% em outubro, enquanto os não alimentícios registraram inflação de 0,28% no mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos