Jardim Botânico do Rio continua fechado para visitantes

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro permaneceu mais um dia fechado à visitação. A decisão de manter o local fechado é por causa da instalação de uma barricada no Horto, o que está impedindo a passagem de trabalhadores que fazem a manutenção do Jardim para o setor onde são guardados os equipamentos.

Na última segunda-feira (7), uma reintegração de posse feita na comunidade do Horto, dentro do Jardim Botânico, resultou em confronto entre policiais militares e moradores do local. Os agentes usaram bombas de gás e spray de pimenta e alguns moradores ficaram feridos. 

Servidores e vigilantes da instituição e do PrevFogo (que presta serviço de vigilância ao parque) relataram que sofreram ameaças por um grupo de pessoas com o rosto coberto que está agindo na área conhecida como Caxinguelê, dentro da comunidade do Horto.

O Jardim Botânico informou que está em contato com as polícias federal e militar para que os fatos sejam apurados e a segurança no local seja restabelecida o mais rápido possível.

Entenda o caso

Há décadas áreas do Jardim Botânico estão em disputa judicial. Muitos dos moradores dessas áreas herdaram as casas de parentes. Nas décadas de 80 e 90, a União moveu ações para reintegração das áreas e remoção das casas. O Judiciário concedeu decisões favoráveis ao parque, sem mais direito a recursos, e que agora estão sendo cumpridas por determinação da Justiça Federal no Rio. Essas ações englobam 270 casas, segundo Jardim Botânico.   

Em 2013, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou uma série de determinações, como a delimitação do perímetro do Jardim Botânico que foi cumprida em 2014.

"Há ainda o ajuizamento de ações de reintegração de posse das casas dentro do perímetro do Jardim que ainda não tenham sido objeto das ações anteriores, em até 90 dias após o registro da doação. Com esta última medida, as novas ações, somadas às antigas, totalizam 520 casas a serem reintegradas", diz o parque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos