Premier italiano deseja "bom trabalho" a Donald Trump

Da Agência Ansa

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, parabenizou hoje (9) o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e desejou "bom trabalho" ao novo líder da Casa Branca. As informações são da agência Ansa.

"O mundo saúda a eleição de Trump. Em nome da Itália, eu o parabenizo e desejo um bom trabalho, convicto de que a amizade permanecerá forte e sólida", disse o premier.

Muito próximo de Barack Obama, Renzi fez diversas manifestações públicas a favor da candidata derrotada Hillary Clinton.
Hoje, ele reconheceu que a eleição do magnata gerou "um fato político novo que, junto com outros, [eles] demonstram que nós estamos em uma nova temporada" da política mundial.

Pouco antes de Renzi, o ministro italiano das Relações Exteriores, Paolo Gentiloni, foi menos otimista. Ressaltando a surpresa pela eleição do republicano, ele destacou os desafios entre as duas nações.

Amizade sólida é destacada

"A Itália continuará com a amizade e a colaboração com os Estados Unidos, essas coisas não mudam. Assim como não muda a nossa contrariedade com o protecionismo e com as portas fechadas. Não vamos mudar os fundamentos da nossa política externa e colaboraremos com os EUA", disse Gentiloni à rádio Anch'io.

Ao ser questionado sobre como a Europa reagirá ao governo Trump, o chanceler falou que o velho continente "deve fazer a sua parte". "Nós, como governo italiano, vamos focar na colaboração internacional, na abertura do comércio, com a rejeição dos fechamentos e egoísmos e, nessa linha, andaremos à frente", ressaltou.

Gentiloni afirmou que é preciso compreender que "as dificuldades econômicas" que causaram problemas para "uma parte dos cidadãos norte-americanos" foram cruciais para a eleição do republicano.

Quem também se manifestou sobre as eleições norte-americanas foi a alta representante para Relações Exteriores e Segurança da União Europeia, a italiana Federica Mogherini.  "Os laços entre União Europeia e Estados Unidos são mais profundos do que qualquer mudança política. Continuaremos a trabalhar juntos, redescobrindo a força da Europa", escreveu Mogherini em sua conta no Twitter.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos