Juiz determina transferência ainda hoje de Garotinho para presídio em Bangu

Paulo Virgílio - Repórter da Agência Brasil

O ex-governador Anthony Garotinho permanece no Hospital Municipal Souza Aguiar, aguardando a transferência para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, determinada pelo juiz Glaucemir Silva de Oliveira, da 100ª Zona Eleitoral, de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense. Garotinho, preso ontem (16) pela Polícia Federal,  deu entrada às 18h do mesmo dia, com um quadro de dores no peito e alteração da pressão arterial e dos batimentos cardíacos e foi internado na unidade coronariana do hospital, sendo submetido a exames.

Em seu despacho,  o juiz questionou as regalias que o réu Anthony Garotinho Matheus de Oliveira está recebendo no hospital onde se encontra internado, "sob suspeita de doença sequer identificada e tendo sua defesa apresentado pedido de transferência para hospital da rede particular". O magistrado salienta ainda que "nenhum preso por ordem judicial tem direito a qualquer regalia ou tratamento diferenciado, seja em unidade prisional ou hospitalar" e justifica a transferência para o complexo prisional, onde ele poderá receber assistência médica.

Garotinho é acusado de compra de votos na eleição municipal de Campos dos Goytacazes, onde ele é secretário municipal de Governo e sua esposa, a também ex-governadora Rosinha Garotinho, é a atual prefeita. Os dois são suspeitos de usar o programa municipal Cheque-Cidadão com fins eleitorais.

 

* Com informações do repórter Vladimir Platonow

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos