Demanda por transporte aéreo tem redução pelo 15º mês seguido

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

A demanda por voos domésticos registrou queda de 6,3% no acumulado do anoTânia Rêgo/Agência Brasil

Pelo 15º mês consecutivo, a demanda por transporte aéreo doméstico apresentou queda no Brasil. Em outubro, a queda foi de 5,6% comparada com o mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, a demanda doméstica registrou queda de 6,3%. A oferta doméstica apresentou a 14ª baixa sucessiva, com redução de 6,1% no mesmo período.

Segundo Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), entre as principais empresas aéreas brasileiras, apenas a Avianca apresentou crescimento na demanda doméstica em outubro de 2016, quando comparada com o mesmo mês de 2015, da ordem de 13,4%. Latam, Azul e Gol registraram retração de 11,7%, 5,2% e 3,5%, respectivamente.

O número de passageiros pagos transportados no mercado doméstico em outubro de 2016 chegou a 7,3 milhões, caindo 8,9% em relação a outubro de 2015 e também completou 15 meses consecutivos de queda.

Mercado internacional

Por outro lado, a demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras registrou aumento de 2,6% em outubro deste ano, em comparação com o mesmo mês de 2015. O resultado encerrou sequência de sete meses consecutivos de queda e alcançou o maior nível para outubro desde o início da série histórica, em 2000.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos