Segurança Pública do DF retoma revistas em manifestações na Esplanada

Maiana Diniz - Repórter da Agência Brasil

A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal vai retomar as revistas de manifestantes na Esplanada dos Ministérios no domingo (4), após a adoção de um protocolo de ação chamado Esplanada Pós-Impeachment, informou a secretária Márcia de Alencar, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (2), durante apresentação do esquema de segurança e trânsito.

"A secretaria retomou todos os protocolos da Operação Esplanada na fase pré-impeachment e do impeachment. E agora estamos trabalhando com esta nova fase, a partir do distúrbio civil que aconteceu no dia 29, como a fase esplanada pós-impeachment, onde até o final das votações das pautas sensíveis que estão ocorrendo no Congresso Nacional garantiremos que essas manifestações aconteçam dentro do padrão de revista", disse.

Márcia informou que, em 2016, a Esplanada foi palco de 142 manifestações de caráter político-ideológico, uma média de 12 por mês, sem contar com os eventos religiosos e culturais.

A manifestação deste domingo será das 9h às 13h e foi convocada pelos movimentos Vem pra Rua e Brasil Livre. Em conjunto, as forças de segurança pública e os líderes dos movimentos estimam a presença de 15 mil a 20 mil pessoas, mas a secretaria está preparada para a ida de até 25 mil, por segurança.

O efetivo de policiais militares previsto é de 1,5 mil homens. O contingente estará a postos das 7h à meia-noite, de acordo com a necessidade. Na última terça-feira (29), na manifestação contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos, que terminou em confronto entre manifestantes e policiais, havia 1 mil homens.

Vinte e cinco agentes do Detran vão atuar com oito viaturas, além de uma aeronave, dois guinchos e uma empilhadeira, que será usada conforme necessidade. Setenta bombeiros em 13 viaturas também vão participar da operação.

A Polícia Civil informou que todos os departamentos estarão em funcionamento. A 5ª Delegacia de Polícia (DP) teve o plantão reforçado e, se necessário, a 1ª DP também vai receber ocorrências, além do Departamento de Polícia Especializada.

Trânsito

A área definida para receber os manifestantes é o gramado central da Esplanada a partir da altura da Catedral até a Avenida das Bandeiras, em frente ao Congresso Nacional, onde vai ser formado um cinturão de policiais.

A área da Praça dos Três Poderes, incluindo o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, além dos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores, estará interditada para carros e pedestres.

As vias N1 e S1 serão interditadas a partir da Rodoviária do Plano Piloto, das 7h até 2 horas após o fim da manifestação, onde haverá postos de revista.

Para quem for de carro, os estacionamentos mais próximos são os da N2 e S2, onde também haverá pontos de revista. Outra sugestão é estacionar na plataforma superior da Rodoviária e ir andando.

Recomendações

A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal preparou uma lista de orientações para quem planeja ir para a Esplanada no domingo. A primeira recomendação é que, caso o manifestante identifique pessoas ou grupos com intenção de tumultuar ou causar desordem, deve informar os policiais mais próximos.

Todos devem portar documentos de identificação. Quem levar crianças deve colocar pulseiras de identificação com nome, telefone e endereço no braço delas.

Os manifestantes não devem levar objetos cortantes, madeiras, fogos de artifício e garrafas de vidro. Também não devem usar máscaras ou cobrir o rosto. Se chover, a recomendação é que optem pelas capas de chuva para se proteger, pois se apresentarem risco, os guarda-chuvas podem ser apreendidos na revista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos