Jornalistas da Fox são velados nas sedes do Flamengo e do Fluminense

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil *

O corpo do jornalista Paulo Júlio Clement é velado no Salão Nobre do Fluminense, time pelo qual torciaVladimir Platonow/Agência Brasil

Os jornalistas Paulo Júlio Clement e Victorino Chermont, mortos no acidente aéreo da delegação da Chapecoense, foram velados neste domingo (4), no Rio, cidade onde moravam. Ambos trabalhavam para a Fox Sports.

Clement foi velado no Salão Nobre do Fluminense, time para o qual torcia, com enterro marcado para o Cemitério São João Batista. Sobre o caixão foram colocadas uma bandeira e uma camisa do clune tricolor. Como homenagem, ele dará nome à sala de imprensa do centro de treinamento do clube, na Barra da Tijuca.

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, lembrou emocionado de Clement. "É um momento difícil de falar. Um acidente trágico, uma perda de vida absurda. Qualquer homenagem é pouca, pela vida de paixão dele pelo clube e pela sua família", declarou Siemsen.

O velório de Chermont foi na sede do Flamengo, na Gávea, time pelo qual torcia. O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, se emocionou ao lembrar do jornalista.

"É obrigação do Flamengo acolher a família do Victorino, que era uma pessoa muito querida por todos nós, excelente profissional e figura humana ímpar, que tinha uma ligação muito grande com o clube", disse Bandeira, que anunciou a decisão de batizar a sala de imprensa do Centro de Treinamento do Flamengo com o nome do jornalista, com sepultamento marcado também para o Cemitério São João Batista.

* Com informações de Rafael Monteiro, repórter das Rádios EBC.

Vladimir Platonow

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos