Polícia Militar já apreendeu 300 fuzis de criminosos este ano no Rio

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Com a apreensão hoje (6) de um fuzil sofisticado, da marca Colt, pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em operação na Comunidade do Barbante, Ilha do Governador, na zona norte do Rio, a Polícia Militar já tem 300 fuzis apreendidos, este ano, retirados de criminosos que atuam no estado.

Os fuzis são armamentos de alta letalidade, considerados armas de guerra, que podem atingir um alvo a mais de 2 quilômetros de distância. Em 2015, foram arrecadados com criminosos, 296 fuzis. 

Os batalhões da corporação que fizeram as maiores apreensões são o batalhão de Irajá (49 armas), o Bope (43 armas) e o 9º batalhão de Rocha Miranda (23 fuzis), todos unidades militares instaladas no município do Rio. A Polícia Militar informou que esse armamento é utilizado por criminosos em confronto com as forças de segurança do estado, principalmente nos morros e nas favelas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos