Manifestantes protestam contra pacote de corte de gastos do governo do Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Manifestantes fazem hoje (12) um protesto no centro do Rio de Janeiro contra o pacote de corte de gastos do governo fluminense, que está tramitando na Assembleia Legislativa (Alerj). A manifestação ocorre nas proximidades da Alerj, que está com policiamento reforçado.

Alguns estabelecimentos comerciais colocaram tapumes em frente a suas vidraças, para evitar danos, caso haja confrontos como ocorreram na semana passada.

Apesar do protesto, a votação dos quatros projetos de lei prevista para hoje na Alerj foi adiada para a próxima quarta-feira (14). A mudança foi uma decisão da presidência da Assembleia, para que haja mais tempo para negociar as propostas.

Entre os projetos que tiveram votação adiada de hoje para a quarta-feira, estão o que aumenta o percentual de contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14% e o adiamento do reajuste salarial de servidores das polícias, agentes penitenciários e fiscais da Receita Estadual para 2020.

Os outros dois projetos que tiveram a votação remarcada para quarta-feira foram a medida que limita a despesa de pessoal dos poderes estaduais e a regulamentação dos limites do orçamento e dos repasses de duodécimos.

Amanhã (13) será votado o aumento da alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para várias produtos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos