Topo

Temer reúne equipe para discutir medidas de estímulo à economia

Daniel Lima* - Repórter da Agência Brasil

2016-12-15T10:15:00

15/12/2016 10h15

O presidente Michel Temer discute hoje (15) pela manhã com a equipe econômica medidas para estimular a economia no curto prazo. Participam do encontro os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira. O Palácio do Planalto não confirma, mas a expectativa é de que as medidas sejam anunciadas ainda hoje. Ontem (14), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou que o governo estuda flexibilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), permitindo o uso de parte dos recursos para o pagamento de dívidas. Durante seminário, o ministro destacou que o endividamento das empresas e das famílias é o grande responsável pelo atraso na recuperação da economia. Ele afirmou que a demora na tomada de medidas para enfrentar uma crise que dura dois anos tornou mais longo o processo de recuperação. Reafirmou que a economia voltará a crescer em 2017, principalmente a partir do segundo semestre. Governo e sociedade estão preocupados com a retomada do crescimento econômico. A atividade econômica apresentou o quarto mês seguido de retração, de acordo com dados divulgados hoje (15) pelo Banco Central (BC), na internet. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) registrou queda de 0,48%, em outubro, comparado a setembro. Os dados atualizados mostram retração também em setembro (0,08%), agosto (0,81%) e julho (0,05%). Colaboraram Pedro Peduzzi, Kelly Oliveira e Wellton Máximo