Polícia Federal cumpre mais de 60 mandados em Foz do Iguaçu

Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil

Em ação conjunta com o Ministério Público Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (16) a 6ª fase da Operação Pecúlio, dando continuidade à execução de medidas judiciais expedidas pela 3ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu.

O objetivo é desarticular um grupo de pessoas que praticava irregularidades na administração pública do município e na Câmara Municipal, mediante desvio de recursos públicos, com a finalidade de obtenção de vantagens indevidas.

Cerca de 120 policiais federais cumprem 31 mandados de condução coercitiva e 36 mandados de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados na cidade.

De acordo com a corporação, haverá entrevista coletiva às 10h de hoje no auditório da Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

Vereadores presos

Doze dos 15 vereadores da Câmara de Foz do Iguaçu foram presos ontem (15) durante operação da Polícia Federal. Dez foram presos preventivamente e dois receberam ordem de prisão temporária.

Segundo a corporação, só com algumas obras de pavimentação no município foram constatados prejuízos de quase R$ 4,5 milhões.

Em nota, a Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu informou que os trabalhos internos do Legislativo municipal permanecem inalterados e que a operação causou "estranheza".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos