Justiça do Rio decreta prisão de policial reformado suspeito de chacina

Da Agência Brasil

A Justiça do Rio de Janeiro decretou na manhã de hoje (19) a prisão temporária do policial militar reformado Luiz Cláudio Machado Paixão. Ele é suspeito de assassinar cinco pessoas na noite da última sexta-feira (16) na comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio.

Os disparos de arma de fogo foram efetuados em praça pública contra dois homens e duas mulheres. Uma das vítimas estava grávida de aproximadamente 8 meses e, mesmo já morta, foi levada para a Maternidade Leila Diniz, onde seu corpo foi submetido a uma cesariana. A criança chegou a nascer, mas não resistiu e morreu em seguida.

O policial foi indiciado pela prática de quatro crimes de homicídio duplamente qualificados, entre essas pessoas a grávida que veio a perder o filho por conta dos disparos, somando cinco mortes. Luiz Cláudio está foragido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos